.

slides

Boletins informativos

.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

CLARICE LISPECTOR -->> DOZE LENDAS BRASILEIRAS -->> Audiobook para download em Mp3



CLARICE LISPECTOR
DOZE LENDAS BRASILEIRAS


Livro infantil de Clarice Lispector ganha versão em CD



Clarice Lispector educou os olhos de seus leitores com palavras sutis, banhadas em sensibilidade e leveza. Agora ela ativa nossos ouvidos. Acaba de chegar ís livrarias e algumas lojas de música o CD Doze Lendas Brasileiras (Luz da Cidade, R$ 18), resultado da paixão da escritora pelo folclore do País.

O disco é a versão em áudio do grande sucesso infantil da autora, Como Nascem As Estrelas (1987), com a diferença de que, no CD, os “causos” do Saci Pererê, do nascimento das estrelas, aparecimento dos bichos, etc., são contados por 12 atrizes. O elenco é o mais abrangente possível, vai de Camila Pitanga a Odete Lara, passando por Sílvia Buarque, Maria Padilha, Maria Zilda Bethlem e Martha Overbeck, entre outras. Cada uma delas interpreta um texto e dá seu tom í narrativa. Elas interferem nas histórias, emprestando graça, humor e dramaticidade ís lendas.

Veteranas como Heloísa Mafalda e Zilka Salaberry parecem falar para seus netos. Suas vozes roucas e graves transmitem a sabedoria de quem sabe o que diz. É impossível duvidar, por exemplo, da história do negrinho do pastoreio, deliciosamente narrada por Zilka, a Tia Anastácia do Sítio do Picapau Amarelo. Diz a lenda – bastante conhecida entre os gaúchos – que ele era um escravo esperto e era Nossa Senhora, sua madrinha, quem ajudava-o a encontrar coisas perdidas.

A vivacidade das vozes de jovens atrizes é outro ganho para as belas reconstituições de Clarice Lispector. Camila Pitanga opta por uma comunicação bem humorada e esbanja versatilidade, interpretando numa mesma lenda quatro personagens. Menos brincalhona, mas não menos graciosa, é a narrativa de Luana Piovanni para a lenda de Yara, a bela feiticeira das águas. Mas a maior surpresa do disco fica por conta de Mariana Valente, a mais nova da turma – 13 anos de idade – e neta de Clarice. Ela dá vida ao texto sobre o índio Curupira, protetor dos animais.

Dá vontade de voltar a ser criança.





# Como nasceram as estrelas - Rosita Thomas Lopes

# Alvoroço de festa no céu - Duze Naccarati

# O pássaro forte - Silvia Buarque

# As aventuras de Malazarte - Camila Pitanga

# A perigosa Yara - Luana Piovani

# Uma festança na floresta - Heloísa Mafalda

# Curupira, o danadinho - Mariana Valente

# O negrinho do pastoreiro - Zilka Salaberry

# Do que eu tenho medo - Maria Zilda Bethlem

# A furta sem nome - Martha Overbeck

# Como apareceram os bichos - Maria Padilha

# Uma lenda verdadeira - Odete Lara
 
 
 
--->>>FONTE:  PDL  <<<----
 
 
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails
Related Posts with Thumbnails

.

Ocorreu um erro neste gadget

AdSense